Archive for the ‘Os arquivos torrent não são complicados’ Category

Os arquivos torrent não são complicados como parecem…

Posted by LeO em 20/05/2009

Hoje em dia, a popularidade dos arquivos torrent só não é maior por falta de informação aos usuários. Apesar de requerer uma tarefa a mais que um download comum (daqueles que você só clica no link e uma janela já lhe pergunta se deseja baixar o arquivo), poucos sabem que as taxas de transferência, comumente, são muito mais altas que downloads diretos — via HTTP, FTP etc. Entenda um pouco mais lendo o resto desta publicação.

O meio ideal para a transferência de arquivos grandes.

Isso ocorre porque em um download comum o computador é conectado diretamente ao servidor do arquivo. Sendo assim, se muitas pessoas resolverem baixar o mesmo arquivo simultaneamente, a taxa de transferência será decrescida proporcionalmente. Já via torrent, o computador é conectado aos usuários que possuem o arquivo completo (seeds) e aos que estão baixando (peers) naquele momento, obtendo partes diferentes de cada um até que o arquivo completo seja formado.

Como é de se perceber, quanto mais usuários, mais alta será a disponibilidade do arquivo e a velocidade do download. Vale lembrar que você também passa a ser um peer a partir do momento que estiver baixando o arquivo. Ao término da transferência, se o cliente torrent (veremos a seguir do que se trata) permanecer em execução na sua máquina, você passará a ser um seed.

Veja como um download normal acaba congestionando o servidor.

Atenção

Há alguns usuários que se queixam de clientes torrent por tornarem a Internet “lenta”. Isso ocorre devido ao consumo de banda que o programa gera, assim como qualquer outro tipo de atividade que transfira grandes volumes de dados entre o seu computador e a Internet. Portanto, suas únicas saídas serão limitar o uso de banda ocasionado pelo programa ou realizar os downloads enquanto o computador estiver inativo.

Clientes Torrent

São programas utilizados para gerenciar as conexões com os demais usuários da rede. Você deve tê-lo instalado na sua máquina para poder baixar algum arquivo via BitTorrent — protocolo utilizado pelos arquivos torrent —, mas não há motivo para desanimar. Geralmente são muito pequenos e fáceis de configurar — isso quando não são configurados automaticamente. Conheça alguns deles:

µTorrent: é um dos clientes mais práticos e eficientes. É muito pequeno, consome poucos recursos do sistema e garante excelentes taxas de transferência.
Azureus: também uma das melhores ferramentas da categoria. É caracterizado pelo belo visual e pela vasta quantidade de ferramentas.
BitTorrent: tão eficiente quanto os anteriores, porém é o mais simples deles. Além de gerenciar os torrents, oferece também um mecanismo de busca para eles.
BitComet: é um dos programas mais famosos desse ramo. Oferece uma interface intuitiva, mas é um pouco mais pesado que os seus concorrentes.

Como baixar um arquivo por torrent?

A tecnologia empregada na transferência de arquivos torrent é a BitTorrent e, para utilizá-la, é muito mais simples do que você pensa. Basta seguir os três passos mágicos:

  1. Baixe e instale um cliente torrent na sua máquina. Utilize um dos que foram citados acima.
  2. Busque e baixe o arquivo torrent propriamente dito (com extensão .torrent) referente ao que quer baixar. Isso pode ser realizado através do nosso Blog. Lembre-se de sempre optar por arquivos com maior número de seeds e peers, visando garantir boas taxas de transferência.
  3. Abra o arquivo .torrent baixado com o cliente torrent que você instalou. Agora é só prosseguir nas janelas que surgirem que download será iniciado logo em seguida.

Seu único trabalho agora será o de escolher o programa que melhor lhe agrade. Faça bons downloads!

Anúncios

Posted in Os arquivos torrent não são complicados | Leave a Comment »